08
set

Por um viés sustentável

O Rio Grande do Sul dá os primeiros passos para se tornar um polo nacional de moda sustentável. A revolução começa com a união de pesquisadores e marcas em prol de um objetivo comum: atenção total ao ambiente, às pessoas, à economia e à cultura na produção e comercialização de vestuário e acessórios. É o Coletivo Viés – Moda Consciente, grupo que será lançado oficialmente no dia 13 de setembro de 2016. A data também marca a inauguração da primeira loja de multimarcas sustentáveis do Rio Grande do Sul, o Shopcontextura. O evento será realizado, a partir das 17 horas, na Rua Armando Barbedo, 1091, no Bairro Tristeza, em Porto Alegre.

A iniciativa teve origem com o Fashion Revolution Day, uma ação mundial que propõe maior transparência na cadeia produtiva da moda, com a exposição e o debate sobre moda e sustentabilidade no Rio Grande do Sul, que ocorreram no dia 19 de abril, na UFRGS. “A partir desse primeiro encontro, o grupo de empresas e acadêmicos participantes foi convidado para uma reunião para refletir sobre os pressupostos do desenvolvimento sustentável aplicados à moda”, recorda Evelise Anicet Rüthschilling, coordenadora do Núcleo de Moda Sustentável da UFRGS.

Após várias reuniões, nasceu o Coletivo Viés – Moda Consciente. “Viés indica um sentimento que está na essência da união do grupo, algo que transpassa várias áreas, momentos, pessoas. Ao contrário da tradicional produção em linha reta, viés alude à reflexão sobre outros modos de produzir e à vivência de moda”, conceitua a estilista e mestre em sociologia Gisele Franke, dona da marca Capim Lab, uma das integrantes do Coletivo.

Ao todo, estão reunidas 13 marcas de produtos de moda, roupas, acessórios, calçados e uma empresa que organiza feiras para o segmento. Também fazem parte do coletivo, oito pesquisadoras de moda sustentável e economia criativa ligadas a diversas instituições de ensino: UFRGS, Uniritter, Unisinos, Ipa e Universidade Fernando Pessoa, em Portugal. A proposta inclui o apoio a trabalhos acadêmico-científicos sobre moda sustentável, tanto que já há teses em andamento e até um livro está sendo elaborado sobre o tema. “O Coletivo nasceu dentro do Núcleo de Moda Sustentável da UFRGS, mas terá autogestão baseada na holocracia, em que todos do grupo participam e decidem por meio da cooperação”, informa Evelise.

O Viés surge para fortalecer as empresas existentes e incentivar novas marcas. “A ideia é apoiar negócios de moda a usar a sustentabilidade em seus processos, conscientizar o consumidor final, com assistência a lojistas e público em geral sobre o tema e, também, tornar a moda sustentável mais atrativa comercialmente, afinal, a questão econômica é um dos eixos da sustentabilidade”, cita a coordenadora do Núcleo de Moda Sustentável da UFRGS. “O Coletivo surge como suporte às iniciativas, para fortalecer as marcas, disseminar o conceito e tornar Porto Alegre e o Rio Grande do Sul uma referência em moda sustentável, tanto no comércio local e justo, quanto na produção intelectual voltada coletivovies.com.br para esse segmento”, resume a designer Martina Seibel, sócia da marca Preza.

Coletivo Viés – Carlos Sillero

Além das reflexões e do esforço conjunto por maior transparência e conscientização para uma moda sustentável, o grupo também demonstrou a necessidade de um suporte na dimensão econômica. Com isso, foi criado o Shopcontextura, que une produtos de marcas sustentáveis na primeira loja física e virtual com esse foco exclusivo no Estado.

Sócia da Contextura, Anne Anicet, que também é coordenadora adjunta da Faculdade de Design da Uniritter, destaca que o objetivo é colocar o Estado no cenário nacional e até mundial da moda sustentável, principalmente a partir do ecommerce. “As marcas terão seu espaço definido na loja física e também no www.shopcontextura.com para apresentar suas propostas autorais e sustentáveis”, destaca Anne. “O objetivo é estimular o slow fashion, com itens mais duradouros, livres de modismos e calendário, mas abertos a criações e reflexões”, observa.

Nesse sentido, o espaço do Shopcontextura também será palco de eventos, debates, palestras e encontros não só para os integrantes do Coletivo Viés – Moda Consciente, mas também para outras marcas, lojistas, jornalistas, instituições, associações e público em geral, interessados em repensar práticas e alcançar um novo patamar de sustentabilidade para toda a cadeia produtiva e de consumo da moda.

comente
Compartilhe este post


Seja o primeiro a comentar!!!

Faça um comentário

Moderno

 

Old School

Rua Dr. Florêncio Ygartua, 188 - Térreo
Moinhos de Vento - CEP 90430-010
Porto Alegre / RS
Brasil

(51) 3072 6875

(51) 3028 8266

©Mauren Motta por Aldeia