09
fev

As cores estão de volta no tapete vermelho do Bafta

Após um longo período em que o branco reinou nos tapetes vermelhos das principais premiações, as cores voltaram a brilhar vibrantes durante a cerimônia do Bafta, principal distinção britânica do cinema. As premiadas Julianne Moore e Patricia Arquette buscaram seus troféus em longos vermelhos. A atriz principal de Para Sempre Alice usou um poderoso e decotado Tom Ford. Quem também figurou de vermelho foi Dianna Agron, num lindo tomara-que-caia Lanvin.

Julianne Moore

A indicada Reese Witherspoon escolheu um sóbrio – mas ainda bastante decotado – longo roxo, enquanto a francesa Léa Seydoux optou por um amarelo vivo com fendas laterais.As meninas de preto também arrasaram: destaque para Rosamund Pike e seu frente-única de Roland Mouret. A grávida Sophie Hunter também brilhou de Maison Martin Margiela, para acompanhar o noivo Benedict Cumberbatch. Outra barriguda linda era Keira Knightley, de Giambattista Valli, que ainda chegou moderninha de jaqueta de couro.

Keira Knightley e o marido James Righton

O branco não chegou a ficar de fora: foi a escolha da indicada Amy Adams e de Laura Bailey. Mulher de Eddie Redmayne, Hannah Bagshawe estava delumbrante num Valentino. Seu premiado marido foi prestigiado pelo físico Stephen Hawking, a quem deu vida no cinema.

O ator e o personagem

Mas nem tudo são flores, e alguns convidados deram escorregadas no red carpet. A estrela de Capitão América, Hayley Atwell, usou um vestido justo demais, e o forro acabou cedendo. Todos esses looks estão lá no Fashion Fama MM!

O rol de premiados

Confira os premiados:

Melhor filme: Boyhood: Da Infância à Juventude, de Richard Linklater
Melhor diretor: Richard Linklater (Boyhood: Da Infância à Juventude)
Melhor ator: Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo)
Melhor atriz: Julianne Moore (Para Sempre Alice)
Melhor ator coadjuvante: J.K. Simmons (Whiplash: Em Busca da Perfeição)
Melhor atriz coadjuvante: Patricia Arquette (Boyhood: Da Infância à Juventude)
Melhor filme em língua estrangeira: Ida (Polônia)
Melhor filme britânico: A Teoria de Tudo
Melhor roteiro orginal: O Grande Hotel Budapeste
Melhor roteiro adaptado: A Teoria de Tudo
Melhor fotografia: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Melhor documentário: Citizenfour
Melhor filme de animação: Uma Aventura Lego
Melhor curta-metragem: Boogaloo and Graham
Melhor curta de animação: The Bigger Picture
Melhor diretor, roteirista ou produtor britânico revelação: Stephen Beresford e David Livingstone (Pride)
Melhor ator revelação: Jack O’Connell
Melhor trilha sonora: Alexandre Desplat (O Grande Hotel Budapeste)
Melhor som: Whiplash: Em Busca da Perfeição
Melhores efeitos especiais: Interestelar
Melhor edição: Whiplash: Em Busca da Perfeição
Melhor produção: O Grande Hotel Budapeste
Melhor figurino: O Grande Hotel Budapeste
Melhor maquiagem: O Grande Hotel Budapeste
Bafta honorário: Mike Lee
Bafta à maior contribuição ao cinema britânico: BBC Films

 

comente
Compartilhe este post


Seja o primeiro a comentar!!!

Faça um comentário

Moderno

 

Old School

Rua Dr. Florêncio Ygartua, 188 - Térreo
Moinhos de Vento - CEP 90430-010
Porto Alegre / RS
Brasil

(51) 3072 6875

(51) 3028 8266

©Mauren Motta por Aldeia