04
out

O homem da sua vida se parece com seu pai?

O homem da sua vida se parece com seu pai? Freud explica, ou não necessariamente ele, mas um estudo da Universidade de St Andrews aponta para esse dado já conhecido de muita gente: na hora de escolher um parceiro somos mais propensos a procurar pessoas que se assemelhem com nossos pais.

David Perett, o pesquisador que conduziu o estudo, diz que algumas recordações da nossa infância ficam registradas em nosso cérebro, de maneira que as pessoas reconheçam as feições dos pais desde cedo. Esse seria um dos fatores que levam a escolha de parceiros parecidos com eles.

A pesquisa entrevistou 300 homens e 400 mulheres que mantinham um relacionamento sobre a cor dos olhos e cabelos dos seus parceiros e percebeu que a tendência era repetir a cor dos olhos e cabelos do progenitor do sexo oposto. Numa pesquisa paralela estudiosos da Universidade de Pecs, na Hungria, compararam fotografias de maridos e esposas com as dos seus sogros e perceberam que as feições do rosto também tendiam a se repetir.

O estudo tem fundamento, mas a gente fica se perguntando como funciona quando a escolha das pessoas simplesmente não conheceram seus pais. Seria uma incógnita na vida dessas pessoas?

*Imagens: reprodução

11 comentários
Compartilhe este post


11 comentários

Luiza|

Não concordo, meu marido é o homem ideal e é completamente diferente do meu pai, e eu jamais namoraria alguem parecido com ele. Detesto os traços da minha família.

Alba Garicia de Souza|

È verdade,concordo,profundamente.Meu marido,nao é magro,mais tem todas as caracteristicas do meu pai.Ele é gordo (marido),mais é alto,igual,meu pai.Tem tudo do meu pai,a mulher,busca,sempre,penso,o retrato do próprio,pai,pra ser feliz.Embora,somos do mesmo signo,mais isso nao influencia…Eu vejo nele meu pai..o tempo todo,carinhoso,amoroso,afetuoso,sofreria tantissimo,se o perdesse.Mais a gente além de tudo se parece,como
eu já havia dito,somos do signo de cancêr.Mais hoje com 44 anos,escolhi a pessoa certa,senão eu seria separada..Eu penso que as mulheres se separam,porque não escolheu as caracteristicas,do pai.
Na maioria das vezes,isso acontece,quando,tambem,além,de ter nascido,dum pai,que nao teve a indentificação,do mãe,e a filha,naturalmente,nao vai conseguir,viver bem a relação.
Na maioria das vezes,o dinheiro,e os filhos que vieram…segura a relaçao,status,e poderes.
Ai,o filho segura,a onda,nas drogas,(fortes),maconha,no meu pensar,nao é droga,eu nunca fumei,mais penso assim.Eu experimentei com 18 anos,e passei mal…via satélite,foi engraçado.
Também,tem a outra influencia,de que,eu conheci meu marido,no meio que me pertencia,me oferecia,e quanto mais mexe,temos que voltar…a outras caracteristicas,que influenciam pra felicidade.

Mariana FP|

Nao concordo, e as pessoas que tiveram pais ausentes ou simplesmente nao conviveram com seus pais por alguma razao como a morte por exemplo?
Pesquisa sem embasamento….

Mari|

Bem interessante.. eu não tinha pensado nisso mas minha mãe sempre dizia que meu namorado vai ficar igualzinho meu pai: cabelos pretos e pele branca, signo de leão, tem a mesma queimação estomacal assim que comem macarrão e adoram uma cervejinha.. hahaha!!
Amo os dois! Tanto tanto.

Mônica|

Esse estudo me obriga a ficar sozinha… Meu maior horror seria me relacionar com alguém parecido com meu pai. ECA!!!!

Douglas R|

Ok, mas qual era a novidade?? Mais cientistas desocupados para o programa do Jô

Gerson|

Mas as mulheres e os homens tem que entender, que não existe esse modelo pronto.
As pessoas nascem e precisam aprender com a vida, durante seu crescimento.
Quando os pais são super proterores, os filhos geralmente não conseguem entender que eles também tem obrigações e não só direitos. Geralmente os pais assumem o papel de fazer tudo.
Na minha opinião, isso é totalmente errado.

Denise|

Meu pai e meu marido não se parecem em nada fisicamente, porém são incrivelmente parecidos em aspectos da personalidade. Ambos são caseiros, leais à família e têm um gosto incomum por estar em contato com a natureza.
Felizmente meu marido é bem mais organizado que meu pai!!

SSM|

Freud já sabia disso a uns vários séculos atras. E o caso da ‘dúvida’ que ficou no ar, a resposta é simples: toda pessoa, ainda que adota, tem referências de masculino e feminino, tem referêcias de relação paterna e materna, ainda que não tenha conhecido seus pais biológicos. A escola se faria, seguindo a descoberta dessa pesquisa, mediante a identificação da Gestalt (configuração) facial dessas referências.

Re|

Acho que quem tem um pai bom e um bom exemplo de casamento feliz dos pais, sempre procura alguem parecido com o pai, meu pai foi um homem maravilhoso que fez minha mãe muito feliz, e graças a Deus meu marido é bem parecido com ele, carinhoso, bom e cuida de mim como meu pai cuidou de mim e da minha mãe.

carol|

Meu marido num é parecido nao, é identico. Parece filho do meu pai. Tudo igual….

Faça um comentário

Moderno

 

Old School

Rua Dr. Florêncio Ygartua, 188 - Térreo
Moinhos de Vento - CEP 90430-010
Porto Alegre / RS
Brasil

(51) 3072 6875

(51) 3028 8266

©Mauren Motta por Aldeia